• Lorine Lopes

BOLINHO DE ESTUDANTE

“E tu não sabe menina? Olha que tu sabe muito bem, o nome é punheta, bolinho de estudante é pronúncia de besta!”

Personagem do livro de Jorge Amado

Cultura, tradição e gastronomia afetiva traduz essa preparação. é aquele típico preparo que lembra a nossa infância, que derrete na boca e faz lembrar de tudo que passamos no colégio, nas brincadeiras na rua...


Algumas histórias dizem que o nome foi dado por levar ingredientes tão baratos que qualquer estudante poderia pagar. Esse bolinho é tradicional na Bahia sendo muito comum nos tabuleiros das baianas de acarajé.


O bolinho de estudante é um doce feito de tapioca granulada, coco fresco, leite de coco, açúcar e canela, sendo um preparo muito fácil porém requer habilidades com as mãos para que saiam padronizados. Esse bolinho é frito no óleo ou gordura vegetal, como preferir, ser consumido quentinho pois é dessa forma que cada mordida traga uma sensação de amor, carinho, lembranças e memórias.


O preparo é misturar todos os ingredientes em fogo baixo, sempre mexendo para não fazer bolos e deixar e descansar por 30 minutos. A massa vai ficar um pouco pegajosa então sugiro passar óleo de coco nas mãos. Simples assim!


Mas se você preferir indico um local que faz um delicioso bolinho de estudante. O Bar e Restaurante Ulisses, localizado no bairro do Santo Antônio Além do Carmo - Salvador BA www.barulisses.com.br tem uma linda vista para Baía de Todos os Santos, um cardápio diversificado e um excelente atendimento,


Culinária afetiva é isso! É aquela comida que desperta sentimentos bons, memórias de segurança e de afeto. Eu sou uma apaixonada por gastronomia, e me encanto por contar minhas histórias, minhas receitas afetivas e experiências.

(71) 986147161

  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Pinterest

©2020 por Inspiração - Gastronomia Afetiva. Orgulhosamente criado com Wix.com