• Lorine Lopes

CUSCUZ DE MILHO


Tem alimento mais afetivo do que o cuscuz de milho? Esse prato pode ser servido recheado, com ovo frito, queijo, coco ralado ou com uma manteiga.


Esse prato é herança da culinária Africana durante o período da colonização no seculo XV. Existem duas versões do cuscuz, a Paulista e a Nordestina.


A diferença nessas duas preparações estão desde a escolha dos ingredientes. Enquanto o cuscuz Nordestino é feito com fubá de milho mantendo a consistência mais esfarelada sendo fiel a preparação Africana o cuscuz Paulista é mais firme e é utilizado diversos ingredientes traduzindo então uma mistura da culinária Africana com a Portuguesa.


Como sou uma Nordestina raiz, vou focar um pouco nesse tradicional preparo que combina no café da manhã, no almoço, na merenda e na janta além de ser um prato comercializado em muitos restaurantes, hotéis e lanchonetes.


Aqui em casa AMAMOS cuscuz de milho e a forma mais comum de se preparar é a seguinte:


- 2 xícaras de fubá de milho

- 1 xícara de água filtrada

- Sal a gosto

- Carne seca

- Queijo


Numa vasilha coloque o fubá de milho, a água, o sal e misture. O ponto ideal do cuscuz é o de farofa molhada.

Na montagem forre o fundo do cuscuzeiro com a farofa molhada de milho, coloque uma camada de carne seca e queijo. Faça esse processo até a borda do recipiente. Deixe descansar por 10 minutos para hidratar a farinha e depois cozinhe por 10 minutos no fogo baixo.


Depois é só você se deliciar com um cuscus quentinho, fofinho e cheio de amor pra dar.



0 visualização

(71) 986147161

  • Preto Ícone LinkedIn
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Pinterest

©2020 por Inspiração - Gastronomia Afetiva. Orgulhosamente criado com Wix.com